Já é possível preencher a declaração de Imposto de Renda com tablets ou smartphones. A Receita Federal disponibilizou desde esta segunda-feira, 1o/4, os aplicativos que podem ser baixados – há versões para os sistemas operacionais Android e iOS.

Também nesta segunda foi publicada no Diário Oficial da União a Instrução Normativa (1.339) que aprova o uso do m-IRPF por meio de dispositivos móveis para as declarações referentes a 2014 – portanto ao ano-calendário de 2012. Vale dizer que as declarações deste ano podem ser apresentadas até 30/4 no sistema móvel.

Destaque-se que a declaração ‘móvel’ só é permitida para o imposto de renda das pessoas físicas. Além disso, a instrução normativa prevê uma série de condições para o uso da nova facilidade. Por exemplo, o sistema não pode ser usado por quem tem rendimentos tributáveis recebidos de pessoa física, ou quem recebeu bolsa de estudo e pesquisa. Há uma grande lista de exceções.

O sistema permite, ainda, salvar um rascunho da declaração de modo que seja possível continuar o preenchimento em momento posterior sem a perda dos dados já digitados. Nesse caso, será preciso criar uma senha para a recuperação das informações.

Os aplicativos para o m-IPRF podem ser baixados na página da Receita Federal na Internet (www.receita.fazenda.gov.br).

Fonte: Blog Convergência Digital